Make your own free website on Tripod.com

 Criando os Alevinos II
    


Betta com 1 mês de vida

        A parte mais delicada da reprodução dos betas começa nesta fase. Como os alevinos ainda não tem labirinto formado, necessitarão de uma boa quantidade de oxigênio dissolvido na água. Esta deverá   então ser aerada com uma bombinha de ar, ligada a uma pedra porosa. A tampa de vidro não pode ser retirada, caso contrário, haverá uma sensível modificação na umidade do ar, o que irá prejudicar o labirinto em formação e causar a morte dos alevinos (o labirinto se inicia por volta da terceira semana e só se forma por completo aos três meses de idade).

        A alimentação dos alevinos será oferecida a partir do 4º dia após a eclosão, dando-se infusórios até completarem 10 dias, quando então acrescenta-se artêmia recém-nascida. Quando atingirem 2cm inclua tubifex.

    A partir da 3ª semana do nascimento, o nível da água deve ser elevado 1 cm ao dia, até completar 20 cm. Só faça a separação dos bettas quando começarem as brigas entre os machos, podendo as  fêmeas permanecerem juntas no mesmo local.

    De certo modo exigentes quanto à alimentação, não aceitam muito bem alimentos secos, preferindo fígado e coração de boi picados, pequenos insetos, artêmia salina e tubifex. Devem ser alimentados 3 vezes ao dia e em pequenas porções.